29 Maio, 2020

Após paralisação com quase 500 servidores prefeita anuncia para agosto correção salarial no município

Cerca de 500 servidores públicos do município de Vilhena, filiados ao Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia, se reuniram na manhã desta terça-feira, 06 de junho, na sede do Sindicato, para dar início a Paralisação e depois “tomaram” o gabinete da prefeita Rosani Donadon, em busca de respostas para a pauta de reivindicações do ano de 2017.

Acompanhada de seus assessores e de alguns secretários, como o de administração municipal Miguel Câmara, Rosani recebeu a diretoria do Sindsul para a tratativa. Foram explanados vários pontos sobre a pauta, entre eles, a Correção do Salário Mínimo dos servidores, atingindo assim, mais de 1000 funcionários do município.

Esse item teve parecer favorável e um Projeto de Lei deverá ser elaborado pela administração até o mês de julho e votado pela Câmara Municipal, para que já no mês de agosto, os servidores passem a receber o reajuste, juntamente com valores retroativos.

Participaram também da reunião os secretários Sérgio Nakamura (Fazenda) e o diretor administrativo Bruno Cristiano.

Em relação às outras várias reivindicações dos sindicalistas, a prefeita pediu tempo para ajustar a parte financeira da administração. Rosani algeou que “pegou a prefeitura sucateada e vinda de uma péssima administração”, porém, garante que tem trabalhado em prol dos servidores.

Após a reunião, os servidores retornaram à sede do Sindicato e a diretoria apresentou ao grupo de filiados quais foram as definições da reunião. Uma maioria significativa votou favorável o aguardo para o mês de agosto a correção salarial.

AssessoriaDSC_9953 DSC_9932 DSC_9927 DSC_9890 DSC_9863 DSC_9867 DSC_9872 DSC_9881 DSC_9882 DSC_9860 DSC_9857 DSC_9853 DSC_9845 DSC_9841 DSC_9834 DSC_9838

 

About The Author

Related posts