20 junho, 2021

Sindsul realiza primeira assembleia do ano e define pauta de reivindicações para 2018

Aconteceu na última terça-feira, 06 de fevereiro, na sede do Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia (Sindsul), a primeira Sessão Extraordinária realizada pela Sindicância.

O presidente Wanderley presidiu a reunião sindical e falou sobre a possibilidade de votação do Projeto de Lei Complementar 327/2018 de autoria do Poder Executivo, que posteriormente foi aprovado na Sessão da Câmara, e tem caráter retroativo, passando a viger a partir do dia 1º de janeiro de 2018, em cumprimento ao reajuste nacional, anunciado pelo governo federal para a categoria, em dezembro do ano passado. O piso nacional do magistério passou a ser de R$ 2.455,35 para jornada de 40 horas semanais.

Ainda na Assembleia Sindical foi aprovado por unanimidade a Pauta de Reivindicações do Sindsul para 2018. O presidente colocou em votação os seguintes exigências: Análise dos Planos de Cargo e Carreira e revisão salarial  no valor de 10% para todas as categorias (educação já foi beneficiada, conforme Lei Federal). Wanderley explicou que com essas duas pautas a atenções do sindicato estarão mais bem definidas e cem por cento focadas nesses assuntos. “temos muitas ações na justiça, todas precisam de tempo para que as mesmas sejam julgadas”, disse o presidente.

O sindicato parte agora para diálogo com a administração municipal, como de praxe, espera uma posição dos mandatários. O presidente tornará a convocar assembleias e claro, não descarta greves para que seus direitos sejam conquistados.

O presidente também falou sobre o desconto anual de cada servidor, que após a Reforma Trabalhista passou a ser opcional.

Texto e foto: assessoria

About The Author

Related posts