29 Maio, 2020

Equipe Sindsul adere campanha contra o câncer de mama

O décimo mês do ano é de conscientização das mulheres pelo diagnóstico precoce do câncer de mama. Em adesão à campanha os funcionários do Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia (Sindsul), literalmente vestiram a camisa e apoiam a causa.

O “Outubro Rosa”, como é conhecido o movimento, é referente ao laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. A mobilização começou nos Estados Unidos no começo da década de 90, com algumas ações isoladas. Logo depois, o Congresso Americano aprovou uma lei que torna outubro o mês nacional – nos Estados Unidos – de prevenção ao câncer de mama.

Atualmente, a ação acontece em várias cidades ao redor do mundo e é direcionada à conscientização das mulheres. Para chamar mais a atenção das pessoas monumentos, como a Torre Eiffel e o Cristo Redentor são iluminados por uma luz rosa.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, totalizando 25% dos casos novos a cada ano. A estimativa do instituto é de que mais de 57 mil pessoas sejam descobertas com a doença no Brasil. Quando o diagnóstico é feito no início as chances de cura chegam a 90%.

Prevenção

O Hospital de Câncer de Barretos possui Institutos de Prevenção em Barretos (SP), Fernandópolis (SP), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Juazeiro (BA), Ji-Paraná (RO) e Porto Velho (RO) e 12 unidades móveis que percorrem o país levando a prevenção aos lugares mais inesperados. Em 2015, as carretas percorreram 120.298 km, o equivalente a mais de três voltas ao redor da terra. Todas as unidades juntas realizaram 130 mil mamografias no ano passado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assessoria Sindsul
Texto: Luh Coelho

About The Author

Related posts