12 julho, 2020

SINDSUL NÃO IRÁ ADERIR PARALISAÇÃO DA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA, 22

A diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia (Sindsul), comunica aos seus filiados que não irá aderir a paralisação nacional, marcada para a próxima sexta-feira, 22 de março.

O movimento foi denominado como, Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência e acontecerá em várias cidades do Brasil. A Proposta do governo é de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, da reforma da Previdência, que restringe o acesso e reduz o valor dos benefícios previdenciários.

A decisão da diretoria do Sindsul é em virtude de não ter tempo hábil para formalizar e legalizar documentalmente a paralisação de sexta feira, já que o Estatuto prevê que o sindicato decida em Assembleia se adere ou não paralisações. Outro ponto é que, apenas três locais de trabalho público se manifestaram em prol da ação.

De acordo com o presidente da Entidade Classista, Wanderley Ricardo Campos, A diretoria já toma providência para que uma palestra seja ministrada em função de esclarecer e pontuar tudo o que os servidores estão perdendo com a Reforma da Previdência. “Também já estamos organizando uma Assembleia para discutirmos se acompanharemos os próximos movimentos” disse Wanderley.

About The Author

Related posts