15 novembro, 2019

EM DETALHES: SAIBA COMO FICOU CADA URNA DE VOTAÇÃO NAS ELEIÇÕES GERAIS DO SINDSUL

Atual presidente foi reeleito com exatos 710 votos, contra 285 de seu oponente.

Em uma apuração criteriosa e que durou pouco mais de três horas, foi eleito\reeleito na noite de ontem, quinta-feira, 31 de outubro, o presidente dos próximos quatro anos do Sindsul (Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia), Wanderley Ricardo Campos Torres.

A chapa 01, com o slogan Continuar Para Avançar, recebeu 710 votos dos 1009 que foram depositados nas 11 urnas destinadas à votação dos funcionários públicos filiados ao Sindsul. A chapa derrotada obteve 285. Destas 11 urnas, a chapa eleita venceu 9 e alcançou vitória com exatos 425 votos de diferença.

A urna que registou o maior número de votantes foi a itinerante 5.2. Essa contabilizou 185 votos e trouxe também a maior diferença em uma só urna entre os candidatos. Foram 151 votos a favor da chapa 01, contra 32 da chapa 02. Uma diferença de 119 votos. Outros dois votos desta urna foram nulos.

Já a urna com menos votos foi outra itinerante. A urna 5.4 na área rural (Escola Progresso) registrou apenas 16 votos. Wanderley teve 09, enquanto Caio Mendes, apenas 05. Os dois outros votos registrados foram nulos também.

Nos municípios de Chupinguaia e Pimenteiras, outra vitória da Chapa 01. Chupinguaia registrou 62 votos. 43 a favor do reeleito e 19 para o concorrente. Já em Pimenteiras foram 54 votos. Lá a diferença foi esmagadora. 50 funcionários votaram na Chapa 01 e apenas 04 escolheram a Chapa 02.

Posto isso, Wanderley Ricardo Campos Torres e a vice Sônia de Fátima Batista foram declarados reeleitos pelo presidente da Comissão Eleitoral Ronaldo Ribeiro Azevedo, depois da apuração da Sessão Eleitoral, comandada por Helena de Almeida e seguem até 2023 à frente do maior sindicato de servidores públicos do Cone Sul.

A posse da chapa Continuar Para Avançar acontecerá no dia 07 de dezembro na sede do Sindsul, conforme reza o Estatuto da Entidade Classista.

Confira abaixo como ficou urna por urna na eleição geral de 2019 do Sindsul. Ao todo, foram 995 votos revertidos para as chapas e 9 votos nulos, com 5 em branco, totalizando assim, os 1009:

Urna Semed 01:
Chapa 01 – 22 votos
Chapa 02 – 16 votos

Urna Regional 02:
Chapa 01 – 34 votos
Chapa 02 – 71 votos

Urna Semosp 03:
Chapa 01 – 62 votos
Chapa 02 – 13 votos

Urna Paço Municipal 04:
Chapa 01 – 20 votos
Chapa 02 – 39 votos

Urna Itinerante 5.1 (Escolas):
Chapa 01 – 128 votos
Chapa 02 – 22 votos

Urna Itinerante 5.2(Escolas):
Chapa 01 – 151 votos
Chapa 02 – 32 votos

Urna Itinerante 5.3(Escolas):
Chapa 01 – 104 votos
Chapa 02 – 11 votos

Urna Itinerante 5.4(Escola Rural Progresso):
Chapa 01 – 09 votos
Chapa 02 – 05 votos

Urna Itinerante 06 (Postos e Unidades de Saúde):
Chapa 01 – 87 votos
Chapa 02 – 53 votos

Urna Subsede Chupinguaia:
Chapa 01 – 43 votos
Chapa 02 – 19 votos

Urna Subsede Pimenteiras:
Chapa 01 – 50 votos
Chapa 02 – 04 votos

Temos assim, 710 votos para a Chapa 01 e 285 revertidos para a Chapa 02.

Confira agora a formação da chapa que comandará o Sindsul até 7 de dezembro de 2023:

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *